Imprensa

Mais notícias:

Terroir ‘Altos Montes’ estará representado na Wine South America

Publicada em 18/06/2018 - 11:20


A Associação dos Produtores dos Altos Montes – Apromontes – confirmou presença na Wine South America (www.winesa.com.br). A entidade irá apresentar o terroir da IP Altos Montes, que compreende a microrregião vitivinícola localizada entre as cidades de Flores da Cunha e Nova Pádua, na Serra Gaúcha. Cinco vinícolas, das 11 que compõem a associação, estarão presentes na feira: Boscato Vinhos Finos e Vinícola Fabian, de Nova Pádua; Casa Venturini, Luiz Argenta Vinhos Finos, Vinícola Mioranza e Vinhos Viapiana, de Flores da Cunha.  

Para o presidente da Apromontes, Giovani Fabian, esta será a oportunidade para apresentar os vinhos dos Altos Montes aos apreciadores de vinhos de todo o país. “Este será o maior evento do ano no país, dentro do segmento. Para nós é muito importante estarmos presentes na Wine South America divulgando nossas vinícolas e nossos vinhos com o objetivo de novos negócios”, destaca Fabian.

A Apromontes contou com apoio das prefeituras de Flores da Cunha e de Nova Pádua para a participação na Feira, sendo que ambos os municípios estarão representados pela entidade no maior evento de vinhos do Brasil.

 

Potencial para os tintos

Fundada em 2002, a Apromontes é constituída por 11 vinícolas. Os Altos Montes tem área geográfica delimitada de 173,84 quilômetros quadrados, 66,6% dos quais localizados em Flores da Cunha e 33,4% em Nova Pádua. Foi assim batizada por causa de seu relevo acidentado e pela altitude, que chega a 885 metros em relação ao nível do mar, o que favorece os vinhos tintos, já que a bebida elaborada na região tem grande potencial fenólico, em virtude da amplitude térmica. Além disso, o clima contribui para elaboração de espumantes, que exigem uma acidez mais alta.

O cultivo da uva na região é marcado pela ocorrência em pequenas propriedades e por empregar basicamente mão de obra familiar. Isso não impediu que as vinícolas fizessem uso de alta tecnologia para elaborar vinhos cada vez melhores.

Vinícolas associadas: Boscato Vinhos Finos, Casa Venturini, Cooperativa Agroindustrial Nova Aliança, Vinícola Fabian, Fante Indústria de Bebidas, Luiz Argenta Vinhos Finos, Vinícola Mioranza, Sociedade de Bebidas Panizzon, Terrasul Vinhos Finos, Valdemiz Vinhos Finos e Vinícola Viapiana.

 

Algumas regras da IP Altos Monte*

­- Variedades autorizadas: Vinhos: Cabernet Franc, Merlot, Cabernet Sauvignon, Pinot Noir, Ancellotta, Refosco, Marselan, Tannat, Riesling Itálico, Malvasia de Candia, Chardonnay, Moscato Giallo, Sauvignon Blanc, Gewurztraminer, Moscato de Alexandria, clone R2; Espumantes secos: Riesling Itálico, Chardonnay, Pinot Noir, Trebbiano; Espumantes doces: Moscato Branco, Moscato.

- No mínimo 85% da uva utilizada deve provir da área delimitada. A elaboração, envelhecimento e engarrafamento dos produtos deve ocorrer dentro da área geográfica delimitada.

- Vinhedos com controle de produtividade.

- Nenhum vinho pode ir para o mercado sem passar pelo crivo da comissão de degustação.

*O selo IP dos Altos Montes foi conquistado em 2013.