Imprensa

Eno Cultura organizará atividades sobre vinhos Sul Americanos

Publicada em 05/06/2018 - 08:43


A Wine South America nasce para ser a principal referência global para vinhos sul-americanos, atraindo produtores e compradores para um universo onde ainda há muito a ser conhecido e explorado. A Eno Cultura, eleita educador do ano de 2017 pela Wine & Spirit Education Trust, atuará para que esta conexão do mundo com os vinhos da América do Sul seja feita através da mais alta qualidade em educação. Conteúdos inéditos e altamente relevantes para os negócios, presença de personalidades do mundo do vinho especializadas em América do Sul e curadoria de excelência para degustações farão deste evento um elemento crucial para a tomada de decisão de produtores e compradores. Aguardem detalhes em breve!

 Sobre a Eno Cultura

Paulo Brammer e Thiago Mendes criaram a Eno Cultura em 2013, a partir do desejo comum de fomentar o desenvolvimento da indústria etílica através da educação. Além de cursos próprios, atuação em eventos corporativos e curadoria de conteúdo para feiras, o ensino da metodologia da Wine & Spirit Education Trust (WSET) tem sido um importante pilar nesta missão da Eno Cultura. A curadoria WSET foi fundada em 1969 na Inglaterra e, desde então, tornou-se a principal organização internacional na área de educação em vinhos e destilados, estando presente em mais de 80 países, com mais de 750 escolas credenciadas para a aplicação de suas certificações.


 Na foto Thiago Mendes (à esquerda) e Paulo Brammer - Crédito: Divulgação Enocultura

Destaque

A Eno Cultura conquistou o prêmio de melhor educador do ano de 2017 pela WSET, o que colocou o Brasil no mapa de melhores escolas de vinhos e destilados do mundo. Todo este reconhecimento só foi possível devido à estratégia de expertise colaborativa, que tem como elemento central uma rede de professores de excelência em suas determinadas áreas. 

A escola conta atualmente com 20 professores em sua rede, com a maior concentração de diplomados WSET de uma escola da América Latina (sete no total). Os professores são cuidadosamente alocados em suas áreas de maior conhecimento e interesse. A abrangência geográfica da Eno Cultura já alcança 13 Estados brasileiros e Uruguai. Desde o início das atividades em 2013, com 29 estudantes WSET, passaram para 63 cursos e 846 estudantes em 2017. O crescimento do ano acadêmico de 2015/16 para 2016/17 foi de 36%, colocando o Brasil como o 18omaior mercado do mundo para a WSET (dentre 80 países)."